Sinto, logo escrevo – TPM

Tenho o compromisso comigo mesma de escrever todos os dias. A prática me ajuda no processo de encontrar o “meu jeito” de escrever. Mas tem dias que, como o de hoje, que eu não estou com vontade de escrever, pois só me vem à cabeça sentimentos chatinhos de processar, quem dirá de escrever e dividir com quem se permite parar um pouquinho para ler o que eu escrevo. Até porque o meu objetivo é levar um pouco de alegria, de humor, de calor humano virtual (inventei isso agora, mas acho que me farei entender), enfim, quero que quem vem até aqui, saia melhor do que entrou.

Por outro lado, também aprendi que quando não estamos muito bem, falar o que sentimos costuma ser um santo remédio. Isso é tão verdadeiro que enquanto eu escrevia este texto eu também falava com dois amigos no nosso grupo de WhatsApp e eles me ajudaram não somente a ficar melhor, como também a melhorar o texto, e nas palavras deles, escrever este texto, mesmo não sendo um dia bom pra mim, “também vale para mostrar que até quem leva alegria, sensibilidade e mensagem positiva, também tem os seus dias medianos”.

Então fiquei aqui pensando o que eu poderia escrever, e como as conversas no WhatsApp me inspiraram, vou falar de TPM. Calma! ela será apenas a minha inspiração inicial, confiem em mim e vem comigo.

O fato é que eu sou outra pessoa quando estou na TPM. Pra começar eu choro por tudo! Segue para dores no corpo e termina em desejo incontrolável por doce! Aliás, agora mesmo me caiu a ficha que meu estado de espírito atual deve ser em razão da TPM! Claro, tem mais coisas por trás, mas com certeza se acentuou muito em razão dela! Mas como falei, só queria passar pela TPM, o que quero mesmo falar é daquilo que mais valorizo na vida, a amizade.

Esses dois amigos que me ajudaram aqui na construção do texto e cujo nome do nosso grupo “Família do Coração”, já dará noção a vocês do que eles significam para mim, são muito especiais. Nós já passamos por muitos momentos juntos – de felizes a tristes – ganhamos uma família do coração, mas junto com ela nós enfrentamos a perda de um pai, a perda de um dog, a perda de um emprego, mas nunca perdemos o chão, porque quem tem o que temos, nunca está só.

E para fechar o link inicial da TPM com amizade, acrescento outra amiga aqui, pois hoje eu me emocionei com a mensagem que recebi dela. Ela me mandou no WhatsApp uma mensagem falando quanto nossa amizade significa para ela, e escreveu de uma forma tão linda, tão nossa, que eu já li chorando. Devolvi através de um audio com voz de choro e então ela apareceu aqui com chocolates e brigadeiro para acalmar a TPM e melhorar meu ânimo. Mais gostoso que os docinhos, é ter uma amizade dessa!

Portanto, pessoas queridas, incentivo a cada um de vocês a mandar uma mensagem para um amigo querido. Ele pode estar precisando, pode ser que esteja na TPM (incluindo os meninos também), pode ser que tenha perdido um dog, um emprego, a fé em si mesmo ou só esteja em casa descansando, mas ficará muito melhor ao saber que foi lembrado por você.

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.