Sinto, logo escrevo – Vamos nos Permitir

Sexta foi a minha noite foi de despedida! Eu estou de mudança para Santos. Após quase oito anos morando em Joinville, estou voltando para a cidade onde nasci.

Apesar de ter muitos amigos e família em Santos, confesso que esta difícil me despedir de Joinville. Isso porque essa cidade pacata tem seus encantos, um deles é a experiência que vivi sexta-feira a noite.

Eu participei de um jantar secreto, em um lugar secreto, com menu secreto e a com sete pessoas desconhecidas. Esse tipo de coisa eu jamais vi em Santos!

Image 2018-11-17 at 10.11.27

Falando no jantar, é dele que eu quero falar no texto de hoje! Uma amiga indicou este “restaurante”. Escrevo entre aspas pois não se trata de um estabelecimento comercial e sim a residência dos anfitriões. Minha amiga não chegou a conhecer, apenas me indicou dizendo ser um lugar novo.

Pois bem, passei a seguir o restaurante no Instagram, quando abriu a agenda eu fiz a reserva por WhatsApp, paguei antecipadamente e uma hora antes do horário marcado para o jantar eu recebi a localização e a senha de acesso.

O menu era surpresa, eu sabia apenas que serviriam uma entrada, dois pratos principais, uma sobremesa e bebidas. As oito pessoas sentaram-se a mesa juntas, eu fui sozinha, havia uma outra mulher solteira e os outros seis eram casais. Ninguém se conhecia. Dos oito, apenas três estavam ali pela segunda vez.

Image 2018-11-17 at 10.11.26

Batemos um papo antes do jantar, bebemos um vinho verde, comemos um pão caseiro e caponata de beringela e o clima já estava super descontraído. A disposição da cozinha e sala juntas aproxima muito a chef da gente, então pudemos ver as preparações e sentir aquele aroma delicioso da comida sendo preparada.

Image 2018-11-17 at 10.12.57

Sentamos a mesa e o primeiro prato foi cogumelo recheado com uma pastinha de queijo, raspas de cogumelo e bacon. Mudamos o vinho para tinto e saboreamos o segundo prato, que foi risoto de mignon, gorgonzola e goiabada. Esse prato eu não sei nem o que falar para vocês de tão bom que estava! A esta altura ja estavamos no segundo vinho tinto.

Em seguida foi a vez da sobremesa, que foi panacota com calda de frutas vermelhas. Gente, que sobremesa incrível! Leve e muito saborosa. Chegou a vez do licor, que na verdade era limincello feito pela chef. O melhor que já provei na vida! E olha que eu amo limoncello! Finalizamos com um cafezinho coado bem quentinho.

Agora que já deixei vocês com água na boca, vou falar do que realmente me encanta: pessoas! Ta, confesso que comer também me encanta! Muito! Hehehe.

Primeira coisa a ser dita, tinhamos pessoas de profissões completamente diferentes na mesa – um casal que é proprietário de salão de beleza, inclusive o salão deles é na rua onde eu moro, fica a uns 200 metros da minha casa (esse mundo é um ovo), uma advogada e um profissional de mídias digitais, eles são um casal carioca (amo o sotaque carioca mexxssmo), um casal iniciando seu próprio negócio e uma mulher que também tem seu próprio negócio de bijuterias e bolsas. Não é a profissão deles que me interessa, mas achei bem interessante ser bem diversificado e ainda assim os papos irem para: gatos, bitcoin e mídias sociais como meio de alavancar negócios. Aliás, dica do nosso economista da noite (vou deixar o link da página dele abaixo), em alguns anos o bitcoin vai valer muuuuito, portanto, vale investir!

Gente, eu realmente me senti em casa. Após o café voltamos para o vinho e os anfitriões sentaram a mesa com a gente. A chef é a Ana, uma pessoa super carismática e que aprendeu a cozinhar com a mãe. Ela é de família italiana, então dispensa qualquer comentário adicional sobre a sua forma de cozinhar, ne? O Cris é apaixonado por automobilismo e também é empresário. É ele quem recebe os convidados, bate papo e fica sempre atento para identificar se alguém precisa de algo. A sintonia deles é muito boa, não a toa eles nos deixam tão à vontade em suas casa. Me encantei com o jeito do Cris de falar da Ana! Sabe o tipo de gente que fala do outro com tanto orgulho que os olhos brilham? Ele fica assim quando fala da Ana! Ela, super humilde com seu talento nato para a cozinha, disse que foi ele quem a incentivou a criar este formato, e então nasceu o Sotterraneo (vou deixar o link da página aqui abaixo também).

Brindamos a minha mudança para Santos, ao início de negócio de um casal e as previsões do nosso economista, vale destacar novamente, são ótimas para 2019!

Eu to quase fechando meu final de semana em Joinville, louca para estar bem juntinha dos meus amigos daqui, mas preciso dizer que a noite de sexta-feira com completos desconhecidos foi maravilhosa! E como estava escrito a giz na parede da casa da Ana e do Cris: vamos viver tudo que há para viver, vamos nos permitir.

Image 2018-11-17 at 10.11.30

Economista Sincero: https://www.facebook.com/economistasincero/

Soterraneo: https://www.facebook.com/sotterraneocucina/

https://instagram.com/sotterraneocucina?utm_source=ig_profile_share&igshid=1tf2xfjx6y29o

8 comentários

  1. Fernanda…sem palavras…vc é sensacional e conseguiu descrever tudo não só no aspecto físico mas tb perfeito o seu sensorial…percebi as mesmas coisas e vc retratou perfeitamente…foi um prazer dividir a mesa com vc e obg pela oportunidade de conhecer uma pessoa como vc…aliás só tenho gratidão por vc…pq devido a sua inscrição tb fiz minha…rsrsrs…sucesso prosperidade e muitas felicidades 😃🙏🏼❤️

    1. Rejane, obrigada pelas lindas palavras! O caso da sua ida mostrou que nada é por acaso! Adorei conhecer você! Um grande abraço! ❤️

  2. Super legal esse tipo de serviço.
    Parece que você estava se reunindo com velhos amigos.
    Lembranças não tem preço.

    1. Sim, ainda mais quando são lembranças regadas a boa comida e bom papo! Falando em boa comida, não esqueço do seu camarão na moranga! 😍

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.