Resgatar o óbvio! Comida de verdade é simples, tradicional e acessível!

Aí eu escuto que fazer dieta ou se alimentar bem é só para quem tem muito dinheiro

Bom, primeiro: mudança de hábitos combina com mudança de escolhas. Se você continuar comprando todas as tranqueiras que costuma comprar no mercado e mais aquelas que você considera “alimentos da dieta” pode ficar caro mesmo. Você já reparou no seu carrinho do supermercado? Quantas coisas de pacotinhos coloridos fazem parte das suas escolhas atualmente?

É muito interessante quando esta mudança nas compras acontece. Você mesmo começa a reparar no que as pessoas ao seu redor estão comprando e então você pensa: “Nossa! Minhas compras eram assim”. Pior de tudo é que muitos acham que estão comprando as coisas “certas”.

Light ou Diet não define se um alimento é bom ou ruim. O que define, em primeiro lugar, é do que este alimento é feito, quais os ingredientes e suas quantidades. Não se engane também  com alimentos ditos integrais, estes alimentos podem estar disfarçados de integral para você pensar que está comendo algo saudável.

Parece muito difícil. Você pode estar pensando agora: “Então? O que devo comprar afinal?”

Leia com atenção os ingredientes, e lembre-se: eles estão na ordem do maior para o menor, no tal alimento. Se o primeiro ingrediente for açúcar, por exemplo, você já sabe, açúcar é o que está predominando naquela composição.

Voltando ao mercado, que tal substituir todos aqueles pacotinhos coloridos industrializados por comida de verdade?

Além de estar garantindo a sua saúde, vai gastar o mesmo ou até menos. Lógico que a indústria da saúde também oferece suas tentações maravilhosas muito mais saudáveis, e sim, muito mais caras, mas isso não significa que você precisa necessariamente delas para comer melhor. Caso você decida comprar produtos melhores, lembre-se também, que você estará pagando por melhor qualidade. Cuidado, o barato sai caro, ou seja, algo com preço muito baixo pode não ser a melhor escolha quando falamos de qualidade, concorda?⠀

A indústria está aí, cheia de novidades com menos gordura (e o dobro de açúcar), menos sódio (e o triplo de corantes) ou ainda baixa caloria e “integral” para enganar você que acha que está comendo alimentos saudáveis. ⠀

Amo a frase do querido professor Murilo Pereira:

“QUANTO MAIOR FOR A VIDA DE PRATELEIRA DE UM ALIMENTO, MENOR É A SUA!”

O aumento do prazo de validade é só para o alimento, não para nossa vida. Seria ótimo se conservantes e corantes também nos conservassem ou nos deixassem mais bonitos. Ao contrário, o nosso organismo vai adoecendo, não entendo o que são todas estas “tranqueiras alimentícias” que acreditamos não ter efeito prejudicial algum. Não se iluda.

Comida de verdade é antiga e tradicional

prato feijao

E ainda não podemos deixar de falar das mudanças genéticas e aumento dos agrotóxicos. O trigo de hoje não é mais o mesmo que sua avó consumia antigamente. A fermentação, que era lenta, natural e levava até 24h para ter a ação de fermentação, hoje leva até 30 minutos. Será que esta não é uma das causas de tanta sensibilidade?

Como identificar então a sensibilidade ao glúten? Bom, aqui vai uma lista de sinais e sintomas, pode ser que você tenha alguns e pode ser que tenha todos.

Alguns sintomas de sensibilidade ao glúten:

  • Inchaço intestinal frequente ou gases, especialmente depois de comer
  • Dor abdominal
  • SII – síndrome do intestino irritável
  • Refluxo
  • Indigestão
  • Prisão de ventre
  • Diarréia
  • Náusea e/ou vômito frequente
  • Dificuldade de ganhar peso (crianças sob a curva de crescimento)
  • Dificuldade de perder peso
  • Anemia ferropriva
  • Dores de cabeça frequentes
  • Congestão nasal
  • Enxaqueca
  • Vertigem
  • Memória fraca
  • Dificuldade em recordar e/ou pronunciar palavras
  • Dificuldade de concentração
  • Distúrbio de atenção
  • Diagnostico de ADD ou ADHD
  • Depressão
  • Ansiedade
  • Cansaço
  • Irritabilidade irracional
  • Mudanças de humor
  • Síndrome da perna inquieta
  • Diagnosticado com Síndrome de Fadiga Crônica
  • Diagnosticado com Esclerose Múltipla ou Parkinson
  • Infertilidade

Para ver o teste completo acesse o link: https://www.glutenfreesociety.org/gluten-sensitivity-intolerance-self-test/

Cuidado com as substituições equivocadas

Produto sem glúten não significa produto saudável. Da mesma forma, você precisa estar atento ao rótulo. Ou seja, o que de fato contém naquele alimento. A melhor maneira de substituição é sempre por comida de verdade. Você não precisa trocar um pão comum por um pão sem glúten, por exemplo. Você precisa sim, substituir um pão comum por alguma outra fonte de carboidrato de qualidade como batata doce, inhame ou outro. Lembre que o glúten está espalhado em diversos alimentos, não somente no pão, mas sim, em todos os produtos que contenha trigo, centeio, cevada e ainda a aveia por contaminação. Leia sempre os rótulos.

Para melhor substituir corretamente, o ideal é que você tenha acompanhamento do seu nutricionista.

Assim, deixo a seguinte frase: RESGATAR O ÓBVIO, que é a COMIDA DE VERDADE. Aquela, lembra? Que está espalhada por aí na natureza.

Anúncios

6 comentários

  1. Adorei! A Sarah sempre me diz isso, é muito bom quando nos demos conta e assim aprendemos a valorizar e apreciar mais o alimento! A vida da gente muda, parece mais fácil, sem complicação e bem mais leve!

  2. Adorei as observações que a nutri Sarah falou!!! Realmente, as coisas mais simples que estão na nossa cara (na nossa mesa), e estão alcance de todos, são as melhores! Obrigado por nos resgatar essa lembrança “simples”, que muitas vezes a indústria esconde com seus lindos rótulos…
    Adoro esse blog!!!

  3. Adorei o texto! É possível mencionar um exemplo de compras para que eu posso me inspirar ??? Dicas de substituição de repente… beijo

    1. Oi Kamila, sempre pensa em comida de verdade quando fizer as compras. Procura organizar uma lista pra não ficar perdida e acabar comprando demais. Que tal provar novos alimentos? Algo que você ainda não conheça? E claro, acompanhamento nutricional para saber quais as melhores opções pra vc! Beijo da nutri.

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.