O Solo ideal para você e as plantas

Olá pessoa! Quais são as “suas” novas para o dia de hoje?

Eu mais uma vez aqui, feliz por refletir e passar informação, plantar novas sementes de curiosidade… Então vamos lá, o post de hoje é sobre o Solo ideal para você e as plantas.

Além de o Solo ser a base onde as raízes das plantas se fixam, ele passa a história da transformação da rocha, passa as características de uma região e a idade do planeta. Por exemplo, os Solos mais argilosos são mais novos.

Resultado de imagem para perfil do solo
imagem: marianaplorenzo

Um Solo é transformado em produtivo em milhões de anos, ou seja, as plantas precisam acontecer em diferentes e muitos estratos  florestais, enraizando, respirando, derrubando folhas, para cultivar o orgânico da base dos 03 elementos principais que o constituem. São esses elementos:

  • Matéria orgânica (sua função é a de alimentar), é todo matéria já decomposta de origem animal e vegetal, que alimenta a planta.
  • Argila=terra argilosa (sua função é a de reter), permite manter a umidade da água das chuvas e das regas.
  • Areia (sua a função é a de separar), permite a água e o ar se infiltrarem na terra.

Obs. A areia a que me refiro, não é a da praia, que é fina contém sal. Se formos melhorar o solo com areia, deve-se usar aquela areia grossa utilizada no acabamento do reboco de paredes (vende-se em sacos nos materiais de construção).

Resultado de imagem para estratos florestais
imagem: ecologiaparatodos

Por exemplo: se no jardim há excesso de água, falta areia para filtrar / Se no jardim ao regar a água vai logo embora, falta terra argilosa para reter a umidade.

Saibam que todo Solo pode ser transformado, não existe terra “ruim“, e por uma questão de Gestão Ambiental Consciente, se usamos a terra não devemos nunca joga-la na lata do lixo, e sim dar a oportunidade dela acontecer de novo no jardim.

Infelizmente o crescimento urbano fez com que muitas áreas fossem cimentadas, portanto, muitas das inundações que sucedem, dentre outros fatores, é porque a água não encontra mais as veias que correm e alimentam os rios e mares. A água bate e corre para dentro de nossas “vidas”, ela já não é mais absorvida pela terra. Plantem mais, impermeabilizem menos!

Lembre-se que na prática da jardinagem, tudo se recicla de forma cíclica, e assim são os estes post’s, (se tiverem dúvida, releiam e complementem a informação).

O Solo é que nos faz sentir um lugar. Eu quando era criança, morava numa casa no meio do mato, e tinha um jardim com muitas árvores, eu amava deitar na terra e ficar olhando para o alto das copas, eu me sentia tão amparada por aquela base. Se sairmos  andando, modificamos esse lugar. E de novo nos plantamos na base! Seja onde for a base é o que se tem para fixar, até mesmo o que não parece ser palpável, tipo esse Blog da minha amiga, cheio de ideais, que plantadas aqui, cada vez alimentam mais e mais.

Ei! Valeu o tempo da sua curiosidade!

Naty Guerrero  

Natacha Guerrero é paisagista, gestora ambiental e escreve aos sábados para o blog MaryWellness na coluna VERDE EM CASA,  siga a Naty no instagram e no facebook e cadastre seu e-mail aqui no blog para ser avisado dos próximos posts.

Anúncios

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.