Brincadeiras de criança e o alerta aos pais

Balanço 2

Brincar faz parte do desenvolvimento infantil e é importante por vários motivos. Enquanto a criança se diverte, ela exercita o corpo, a imaginação e a socialização. É brincando que elas aprendem a dar sentido ao mundo. Mas às vezes, alguns brinquedos guardam perigos reais, e alguns deles podem provocar ferimentos ou lesões graves. Por isso a segurança dos brinquedos é de suma importância para o bem estar dos pequenos.

A finalidade dessa matéria é informar o quanto algumas brincadeiras chamadas de “bobas” podem ser perigosas, aliás, muito perigosas.

Eu tenho taquicardia e fechar os olhos então é normal pra mim, ou seja, fico doida vendo uma criança fazendo algo que pode se machucar. Muitas vezes algo que nem sempre os pais fazem ideia que aquilo pode levar a uma lesão grave. Mas não dá pra dizer não o tempo todo né?  Afinal, brincadeira é diversão e toda criança precisa.

Então aqui vão algumas dicas para que os pais, tios, avós e amigos saibam quais são os brinquedos e maneiras perigosas  que precisam de maior atenção.

A primeira é a Cama elástica: apresenta alto risco de quedas e lesões como fratura, luxação, estiramentos e torções. Já presenciei alguns casos. Por isso, no máximo duas crianças por vez em cima do pula-pula e se possível apresentando pesos parecidos.

Puxar a criança pelo braço: Isso é totalmente contraindicado, pois existe o risco de causarmos várias lesões. A fratura do côndilo lateral, que imobilizará o braço da criança por um bom tempo, a luxação e a pronação dolorosa que é uma lesão frequente no cotovelo de crianças abaixo de 5 anos de idade. Normalmente ocorre, por exemplo, ao segurar a criança pela mão para evitar uma queda, quando seguramos a criança pelo braço esticado para ajudá-la a andar ou ainda brincadeiras como balançar a criança segurando-a pelas mãos e girando-a. Não faça isso!!!

Parquinhos com brinquedos de metal: São parques que trazem  riscos de provocar lesões, tétano, cortes e outros ferimentos. Além disso, esquentam muito com o sol, causando queimaduras. Felizmente, quase todos os parquinhos de metal foram substituídos por outros materiais para evitar a ferrugem e ferimentos nas crianças.

Foto de brinquedo

Claro que não podemos impedir a criança de brincar, mas com essas dicas a brincadeira pode ficar muito mais tranquila e prazerosa.

E não esqueça, enquanto a criança brinca desperta curiosidade, criatividade, conhecimento e acumula experiências que farão toda a diferença na sua fase adulta.

Gostou?  Compartilhe as dicas com quem você ama, deixe seu comentário e  siga-me no instagram e no facebook .    

Um beijo e até a próxima leitura

Anúncios

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.