A abóbora o legume mágico – Dos contos de fada à gastronomia

Quem não se lembra do conto de fadas de Charles Perrault em que a fada madrinha transforma uma abóbora numa linda carruagem para a cinderela.  Eu particularmente acho que aquela fada madrinha, havia estudado gastronomia funcional.

Tinha que ser a abóbora, é um legume como nenhum outro. É claro não poderia deixar de mencionar que é o símbolo universal do Halloween, ritual celta da antiguidade que celebrava a comunhão com os espíritos do além.

Repleta de sementes, símbolo da fertilidade, encontrada tanto no verão quanto no inverno, oca, sólida, verde, amarela, abóbora, sim porque também é sinônimo de cor. Ela é usada como enfeite ou como alimento, é versátil, com seu sabor doce, mas nem tanto, não é gordurosa, tem poucas calorias, mas é nutritiva. Conheça um pouco mais sobre este alimento especial e suas inúmeras possibilidades.

Perfeitamente utilizada na cozinha, podendo ser consumida desde a flor até a semente, e também útil à estética e à medicina, quem nunca ouviu dizer que a semente da abóbora é boa para combater vermes nas crianças?… – me lembro de minha mãe me fazer comer muito quando era pequena – a abóbora é realmente mágica.

QUAL A ORIGEM DESTE ALIMENTO MÁGICO?

Alguns povos antigos, como egípcios, gregos, romanos e os árabes cultivaram vários tipos de abóbora, provavelmente fruto de importação da Ásia meridional. Eles também a utilizaram com outros propósitos, usadas ocas e desidratadas, como luminárias, como recipientes, tipo cuias, para carregar vinho, leite ou cereais. Outras maiores eram utilizadas até para confecção de objetos como tigelas, pratos, talheres e instrumentos musicais. Os indígenas americanos também cultivavam o legume, na volta a Europa Cristóvão Colombo levou algumas variedades, as mesmas apreciadas hoje pelos europeus.

As sementes de abóboras mais antigas, remetem a 6.000 a.C. e foram encontradas no México, mas ainda hoje não se tem certeza se esta planta comestível é originária da América Central ou se é proveniente da Índia.

pumpkin-3759587_1280
Existem 90 gêneros de abóboras e 900 espécies

A FAMÍLIA DAS ABÓBORAS É BEM GRANDE

Pertence à família das cucurbitáceas, olha que nome bonito pra um legume tão gostoso, que inclui também o pepino e a melancia. Aposto que você não sabia que eles eram parentes, não é?  Pois é, até na natureza, os familiares tem sua semelhanças e diferenças. É uma família enorme, com mais de 90 gêneros e 900 espécies. Já viu que é abóbora para inúmeros posts né? Então hoje vou me limitar a falar de um membro da família só, a abóbora Batã! E com o tempo vou lhe apresentando outros não menos interessantes.

CURIOSIDADES SOBRE AS ABÓBORAS

“São usadas na arte, como símbolo da fugacidade da vida humana, como na gravura “São Jerônimo em estúdio” de Albrecht Dürer”. onde aparecem secas e penduradas como luminárias.

Houve um caso em que o Guinness World Record premiou uma abóbora que chegou a 500kg. O Estadão divulgou a foto da maior abóbora dos EUA com peso de 960 kg.

129159-alt-jeronimo
Albrecht Dürer São Jeronimo- Fonte O Globo

BENEFÍCIOS E USOS DAS ABÓBORAS

  • Baixo teor de açúcar

Apesar da doçura, a sua polpa tem baixo teor de açúcar e é rica em água (94%), é rica em antioxidantes e vitaminas, sobretudo a vitamina A, como todos os alimentos alaranjados. Fonte de vitamina C – e minerais entre eles potássio, fósforo, cálcio e magnésio.

  • Baixo teor calórico

Apenas 15 calorias para cada 100g.

  • Alta concentração de fibras

Facilita o processo digestivo.

  • Fonte de aminoácidos

Mantém a ansiedade sob controle e reduz o estresse, ajudando a combater problemas como insônia e taquicardia.

  • Ecologicamente corretas

Crescem em solos pobres, dispensando o uso de fertilizantes químicos.

  • Versatilidade à mesa

Do aperitivo à sobremesa, ela pode ser usada na fabricação de pães, pizzas, palitos crocantes, é um legume curinga na cozinha. Seu sabor adocicado vai bem a tortas, biscoitos, doces, sorvetes e geleias, mas não param por aí as opções, pois combina com ingredientes mais fortes como queijos encorpados, linguiças, cogumelos, podendo ser utilizada para uma infinidade de receitas salgadas. Muito além dos já conhecidos, cremes, sopas e gratinados.

E você o que está esperando para incluir este legume mágico nas suas receitas?

E AS SEMENTES DA ABÓBORA? O QUE ELAS TÊM DE MÁGICAS?

Uma verdadeira concentração de preciosos nutrientes – desde fitosteróis, gorduras saudáveis e até ômega 3 – têm propriedades funcionais.

Podem ser consumidas tostadas com sal, um delicioso petisco para comer sozinhas, ou adicionadas à sopa, creme, saladas e pães.

COMO TOSTAR AS SEMENTES DE ABÓBORA?

A fim de preservar suas qualidades nutritivas, você deve assa-las em baixa temperatura, (não mais que 60 ou 70 graus) por cerca de 30 minutos, ou até que fiquem amareladas, e bem sequinhas, faça uma salmoura (mistura de água e sal) para não salgar demais, use somente a parte de cima da água, não a parte debaixo onde a maior concentração de sal que não foi diluído ficará depositada. Então borrife sobre as sementes ainda quentes, e retorne ao forno para secar a água e para que fique uma pequena camada de sal sobre elas.

A receita de segunda-feira do canal Marywellness no Youtube foi um delicioso beijinho vegano (não usei nada de origem animal) e Fit (finalizei com ISOCRISP vegano da Vitafor)  feito com a abóbora Batã, usei esta variedade, pois ela tem o sabor bem neutro, mas pode fazer com outra abóbora se preferir . Veja o vídeo da receita abaixo, e no final do post a receita completa para você testar e mais receitas fáceis pra você! Se inscreva no nosso canal do youtube e acompanhe todas as segundas-feiras as 20:00 uma receita nova para você.

A Abóbora Batã é super saudável!

 100g de polpa contêm apenas 31 calorias e mais potássio que uma banana.

Fonte de ferro, zinco, fósforo e magnésio. Rica em fibras e vitaminas A, C e complexo B.

Contém Betacaroteno

Betacaroteno diminui o risco de câncer, derrame, catarata e doenças cardíacas, além de ajudar na saúde da pele.

Mais fíbras = menos gorduras e intestino saudável

As fíbras ajudam a eliminar gorduras e a regular o intestino.

25092018-ZEC_7998
Abóbora Batã

RECEITAS COM ABÓBORA:

 26092018-ZEC_8252

BEIJINHO VEGANO, FIT COM ABOBORA BATÃ

 INGREDIENTES:

  • 2 xícaras de abobora picada cozida e amassada
  • 1 colher de sopa de óleo de coco
  • 100 g de coco ralado
  • 1 xícara de leite de coco em pó (eu usei da marca Santo Óleo)
  • 50 g de ISOCRISP VEGAN da Vitafor para finalizar (Você pode finalizar com coco ralado, ou com canela misturada com leite de coco em pó).
  • 1 colher de (sobremesa) de xilitol ou 2 envelopes de adoçante sucralose.

PREPARO:

Cozinhe a abóbora em banho-maria de preferencia, amasse com um garfo e junte o óleo de coco, o coco ralado e o leite de coco em pó e o adoçante.

Misture tudo e leve a geladeira por aproximadamente 40 minutos, depois retire, e enrole os docinhos e finalize com ISOCRISP VEGAN (se for usar o ISOCRISP coloque só na hora de comer, pois eles podem murchar).

 

pumpkin-soup-2972858_1920
Creme de abóbora Batã

 CREME DE ABÓBORA BATÃ TREBESCHI COM PROVOLONE

INGREDIENTES:

  • 2 unidades de abóbora Batã (aprox. 1400g de abóbora)
  • ½ Cebola média
  • 2 Dentes de alho
  • 1 Pedaço pequeno de aipo (salsão) – opcional
  • 2 Colheres de óleo ou azeite de oliva extra virgem
  • 50g Queijo Provolone
  • Sal e pimenta do reino a gosto
  • Sementes de abóbora torradas para finalizar

PREPARO:

Numa panela de pressão coloque o azeite, a cebola, o alho e o aipo. Mantenha o aipo em um único pedaço. Refogue levemente. Adicione a abóbora, o sal e a pimenta do reino e cubra com água (mais ou menos 1 litro). Cozinhe em pressão por 10 a 15 min. Deixe a pressão sair e abra a panela. Retire o pedaço de aipo e bata todos os outros ingredientes no liquidificador. Adicione a própria água do cozimento até formar um creme. Volte à panela e cozinhe (sem pressão) até levantar fervura. Corrija o sal se necessário. Sirva o creme em prato fundo ou bowl. Decore e sirva quente.


Super beijo, espero que tenha gostado, deixe seu comentário e me mande suas receitas com abóbora também através de nosso e-mail contato@marywellness.com.br

Até a próxima semana,

Chef Maria Dias

Anúncios

Sou muito grata por seu comentário, é importante pra mim.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.